Sábado, 24 de Julho de 2021 21:04
83 987908781
Seleção Brasileira SELEÇÃO FUTEBOL DE 5

Técnico da Seleção Brasileira de futebol de 5, Fábio Vasconcelos afirma que o Brasil precisa provar favoritismo na bola nos jogos Paralímpicos

Veja matéria

14/07/2021 10h48 Atualizada há 1 semana
307
Por: Redação
FOTO : CBDV
FOTO : CBDV

 

A Associação Paraibana dos Deficientes Visuais (APADEVI) promoveu na última segunda-feira (12), no Hotel Village Premium, uma entrevista coletiva com campinenses da Seleção Brasileira de Futebol de 5 que representarão o país nas Paralimpíadas de Tóquio 2021.

A principal competição paradesportiva do mundo terá início no dia 24 de agosto e irá até 5 de setembro.

Mas as disputas do futebol para deficientes visuais só começam em 29 de agosto, tendo a grande final marcada para o dia 4 de setembro.

O Brasil está no grupo ‘A’ ao lado de China, França e Japão, primeiro adversário da seleção canarinha.

Até hoje, os brasileiros já disputaram 22 jogos nas Paralimpíadas, com um histórico de 17 vitórias e 5 empates.

O detalhe é que a seleção Brasileira de futebol de 5, é a única vencedora da medalha de ouro da história desde que o esporte foi incluído na competição, neste ano de 2021, o Brasil tenta o pentacampeonato.

Para o técnico da seleção, Fábio Vasconcelos, o fato do Brasil ser o único vencedor dos Jogos não diminui a responsabilidade da equipe: “Muitos apontam nosso time como sendo favorito pra medalha de ouro, mas de nada adianta tamanho favoritismo antes da bola rolar se lá, nas partidas, não mostrarmos que somos realmente melhores”, destacou o comandante.

Na oportunidade da coletiva, além do treinador, também participaram o auxiliar, Josinaldo Costa (Bamba), o goleiro, Matheus Costa e o presidente da APADEVI, Rogério Nunes. “Essa valorização que a Apadevi dá a seleção com esse evento é uma via de mão dupla, já que seleções só existem porque os clubes existem. Só com parcerias como essa que conseguiremos fazer o futebol de 5 crescer de forma sólida no Brasil”, disse Rogério.

Essa será a primeira vez que o goleiro Matheus Costa defenderá as cores brasileiras nos Jogos Paralímpicos.

Mesmo já tendo títulos e conquistas individuais pela seleção, o atleta não esconde que estará realizando um sonho de criança. “Quem não sonha em defender o seu país e, ainda por cima, no principal evento esportivo do mundo? Eu sou um privilegiado por estar vivendo essa experiência”.

Durante a coletiva também foram expostas medalhas e troféus de conquistas da seleção brasileira e exibidos vídeos de outros paraibanos que estarão representando o Brasil no Japão. Dos 10 atletas convocados para os Jogos, 3 são paraibanos, além de contarmos também com 5 profissionais na comissão técnica.

BASTIDORES DO ESPORTE 

Só Esporte.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias