Quarta, 08 de Dezembro de 2021
Esportes Paraibano Brasileiro Série D

Campinense enfrenta o América-RN buscando o acesso à Série C 2022

Veja matéria

16/10/2021 às 00h25
Por: Redação
Compartilhe:
FOTO : REPRODUÇÃO
FOTO : REPRODUÇÃO

 

O Campinense teve uma semana de preparação, para o jogo considerado o mais importante da temporada. A Raposa encara o América-RN, pela quarta rodada da Série D do Brasileiro, neste sábado, às 17h30, no estádio Amigão, em Campina Grande. O encontro vale o acesso para a Série C do próximo ano.

A grande preocupação do treinador da equipe rubro-negra, Ranielle Ribeiro, é controlar a ansiedade dos jogadores para essa decisão. A vitória será a única maneira da Raposa conseguir o objetivo, um feito que o clube busca nos últimos dez anos. Por isso, os jogadores estão tão ansiosos.

Para chegar a essa condição de brigar pelo acesso, o Campinense conseguiu ficar entre os dois melhores na primeira fase. Na fase seguinte passou pelo Sergipe, ganhando a vaga nos pênaltis. Na terceira fase, o Campinense fez melhor campanha ganhando do Guarany de Sobral-CE nas duas partidas.

Diante do América-RN, no jogo de ida, na quarta fase, segurou o empate de 0 a 0, em Natal. Agora, atua em casa no estádio Amigão, em Campina Grande, com o apoio da torcida. Este será o quarto jogo entre as duas equipes, este ano. Na fase de qualificação, o Campinense venceu a primeira por 3 a 0 e empatou a segunda em 0 a 0.    

Preços dos ingressos

O Campinense conta com a presença do torcedor, que volta a apoiar a Raposa depois de um ano e sete meses. Mesmo com o preço ‘salgado’, os dirigentes esperam o comparecimento da torcida rubro-negra. Não haverá venda de ingressos nas bilheterias do estádio Amigão.

O preço do ingresso na arquibancada geral, inteira, é R$ 100, e meia, R$ 50. O torcedor vai pagar pela arquibancada principal, inteira, o valor de R$ 200 e, meia entrada, o preço é de R$ 100.

No setor de cadeiras, o preço da entrada inteira é de R$ 300 e meia entrada é de R$ 150. O sócio-torcedor adimplente terá acesso gratuito mediante apresentação da carteirinha com documento com foto.

Depois de dez anos

O Campinense disputou a Série C do Campeonato Brasileiro pela última vez em 2010, quando fez parte do Grupo B, ao lado de ABC-RN, Sangueiro-PE, CRB-AL e Alecrim-RN. Naquele ano, a Raposa ficou na quarta posição. Apenas os dois primeiros se classificaram para a segunda fase.

Depois disso, o Campinense passou a peregrinar pela Série D, e em várias temporadas teve chance de brigar pelo acesso, mas ficou pelo caminho. Com isso, o time rubro-negro tenta pela quinta vez chegar em uma divisão de melhor destaque em uma competição brasileira.

Em 2012, o Campinense fez boa campanha na fase de qualificação ficando em segundo lugar. Com isso, enfrentou o CSA-AL, vencendo o jogo de ida por 2 a 1, em Campina Grande, e empatando o jogo de volta em 0 a 0, em Alagoas.

Na terceira fase, o Campinense enfrentou o Baraúnas-RN, ganhando o jogo de ida por 2 a 1, mas perdeu a partida de volta por 2 a 0, ficando pelo caminho.

Na temporada de 2015, o Campinense fez parte do Grupo 3, conquistando o primeiro lugar na fase de qualificação. O time Raposa encarou o Operário-PR, na segunda fase, perdendo o primeiro jogo por 1 a 0, no Paraná. E mesmo ganhando o jogo de volta por 1 a 0, em Campina Grande, foi superado nos pênaltis, por 4 a 3, pelos paranaenses.

Em 2016, o Campinense voltou a fazer uma grande campanha na primeira fase, ficando com o primeiro lugar. Na segunda fase, a Raposa superou o Globo-RN, com uma vitória por 2 a 1, em Campina Grande, e o empate de 0 a 0, no Rio Grande do Norte.

Mas na terceira fase, o Campinense perdeu a vaga para o Itabaiana-SE. Foi registrada uma vitória de 2 a 0 para cada time e os sergipanos se classificaram nos pênaltis por 4 a 3.

Boa campanha em 2018

O Campinense voltou a fazer outra boa campanha na temporada de 2018, conquistando o primeiro lugar na fase de qualificação. Na segunda fase, o Campinense venceu o primeiro jogo contra o Itabaiana por 1 a 0 e perdeu o jogo de volta por 1 a 0, mas se classificou nos pênaltis por 6 a 5.

Na terceira fase, o Campinense superou o Brasiliense, com uma nas penalidades por 5 a 4, depois de ter perdido por 1 a 0, no jogo de ida e vencido pelo mesmo placar na partida de volta. Na quarta fase, o Campinense enfrentou o Ferroviário-CE, buscando o acesso para a Série C.

Na primeira partida disputada, em Fortaleza, o Ferroviário venceu por 3 a 2. O Campinense conseguiu vencer o segundo jogo por 1 a 0, no estádio Amigão, em Campina Grande. Com isso, a decisão do acesso foi para os pênaltis e o time cearense venceu por 5 a 4.

Arbitragem

Um quarteto de arbitragem da Federação Paranaense de Futebol terá a responsabilidade de comandar o jogo entre Campinense e América-RN. O árbitro será Paulo Roberto Alves Junior. Os assistentes serão Victor Hugo Imazu dos Santos e Sidmar dos Santos Meurer. O quarto árbitro é Leonardo Sígari Zanon.

O quinto árbitro é Schumacher Marques Gomes (PB) e o analista de campo é Miguel Félix de Oliveira (PB). O árbitro de Vídeo é Adriano Milczvski (PR). O auxiliar do VAR é Luciano Roggenbaum (PR). O observador de VAR é Renato Cardoso da Conceição (MG).

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias