Quarta, 08 de Dezembro de 2021
Paraibano em Destaques Destaque

Natural de Boqueirão no Cariri Paraíbano, Emerson Negueba brilha com dois gols e CRB elimina o River na Pré-Copa do Nordeste

Veja matéria

22/10/2021 às 10h39 Atualizada em 22/10/2021 às 13h58
Por: Redação
Compartilhe:
FOTO : CRB
FOTO : CRB

 

Acabou a zica do CRB no Estádio Rei Pelé. Após sete partidas sem ganhar, o Regatas venceu o River do Piauí na noite desta quinta (21), pelo placar de 2 a 1. O resultado foi suficiente para classificar os alagoanos para a 3ª fase da Copa do Nordeste, a última antes da fase de grupos. Os gols foram marcados pelo jovem Emerson Negueba (2x), enquanto Nilo fez para o Galo Carijó.

Após a importante vitória, o Galo de Campina terá mais um adversário tradicional pela frente. Trata-se do Moto Club, que se classificou após eliminar o América de Natal, nas penalidades máximas. A partida ainda não tem data definida.

Agora o foco regatiano é na Série B, já que na próxima terça (26) o clube encara o líder Coritiba, às 19 horas, também no Estádio Rei Pelé. Por sua vez, o River se despediu da temporada 2021 e só volta a campo no Estadual de 2022.

1º Tempo

Apesar do notório favoritismo do lado alagoano, quem começou assustando foram os visitantes. Com apenas um minuto de jogo, Juninho Arcanjo cobrou uma falta venenosa na área e Júnior Brandão acabou tocando para o próprio gol, obrigando Diogo Silva a intervir. Logo na sequência, Gabriel tentou de cabeça, mas a bola foi por cima do gol regatiano. O Galo alagoano acordou minutos depois, porém, todas as jogadas que terminaram em finalização, tiveram impedimentos assinalados.

A primeira boa chance veio aos 15 minutos. Celsinho encontrou Alisson Farias pela direita, o atacante finalizou de primeira, facilitando a defesa de Vitor Paiva. Apesar de não ter marcado o gol, o Galo da Praia logo percebeu o buraco do lado esquerdo defensivo do time piauiense. Alisson Farias apareceu sozinho, aos 18, cruzando para Emerson Negueba marcar de peixinho, sem nenhuma marcação: 1 a 0 para o CRB.

Mesmo com a vantagem e a superioridade técnica, a vitória parcial regatiana durou muito pouco tempo. O Galo Carijó partiu pra cima logo após a saída de bola, descolando um escanteio. Na cobrança de Gleisinho, o zagueiro Nilo apareceu como fator surpresa e cabeceou para colocar o 1 a 1 no placar, aos 19 minutos.

Assustado com o gol relâmpago, o clube alagoano seguiu partindo para cima. Com 25, Diego Torres achou um pequeno espaço dentro da área, lançando Emerson Negueba, porém, o atacante não conseguiu se equilibrar e perdeu a chance de finalizar. Contudo, o camisa 7 logo compensou. Aos 28 minutos, recebeu um passe muito parecido do mesmo Diego Torres. Dessa vez finalizou sem medo e conseguiu fazer o segundo gol regatiano na partida.

Sendo eliminado, logo o River precisava de uma resposta rápida, novamente. Ela só apareceu aos 34 minutos, quando em uma falha na saída de Wesley, Victor Salvador ficou com a bola e finalizou de longe. A bola passou perto da trave de Diogo Silva, que estava mal posicionado. O próprio Wesley respondeu aos 37, com uma cobrança de falta, que foi por cima do gol de Vitor Paiva.

Os minutos finais da primeira etapa foram bem parecidos com todo o período. O Galo de Alagoas seguiu fazendo jogadas pelo lado direito, enquanto o do Piauí aproveitava todas as chances que tinha para mandar cruzamentos na área. Com isso, o placar foi mantido até os 47 minutos, quando o árbitro encerrou a etapa inicial.

Segundo gol de Negueba classificou o Galo da Praia para encarar o Moto Club - Foto: Ailton Cruz

2º Tempo

Sem alterações, os times voltaram parecidos para a etapa final. Novamente utilizando o corredor direito de ataque, o Regatas assustou, mas não conseguiu marcar o terceiro gol. Com 3 minutos, Celsinho apareceu e fez o cruzamento para Júnior Brandão, totalmente sozinho na pequena área, entretanto, o centroavante mandou para fora, deixando a torcida incrédula.

A primeira chance do River no segundo tempo veio com Gleisinho. O atacante recebeu passe de Juninho Arcanjo, aos 9 minutos, finalizou da entrada da área, mas foi impedido de pegar melhor na bola pela defesa regatiana. A partir daí, o jogo ficou morno, apenas com o CRB controlando a posse e o River tentando apertar para buscar o segundo gol. Contudo, a boa chance que surgiu foi dos mandantes, aos 22. Alisson Farias recebeu passe de Diego Torres, ficou cara a cara, mas Vitor Paiva salvou bem.

Aos 23, Gleisinho recebeu virada de jogo livre, dentro da área, todavia, vacilou na hora de concluir o lance. A jogada acendeu a chama do River, que começou a rondar a área, do jeito que dava. Com 25, Arcanjo cruzou, a defesa do Regatas tirou mal, porém, por sorte, a finalização de Emerson Catarina foi ainda pior.

Após boas chegadas no ataque, como a finalização de Diego Torres, aos 29, o técnico Allan Aal resolveu mudar na equipe, dando oportunidade para alguns jovens como Dudu, Calyson e Wellington. Porém, as mudanças deixaram o River mais ofensivo, que, no desespero, buscou o gol de empate. Gleisinho foi o mais insinuante, tentando pela esquerda, porém, a defesa do CRB se saiu melhor.

O árbitro Ricarle Gustavo Gonçalvez indicou mais 5 minutos de acréscimos, tempo restante que fez o Tricolor se atirar de qualquer maneira. Arcanjo, no auge dos 38 anos, foi peça fundamental para criar as jogadas aéreas, mas a defesa do CRB seguiu tirando. Com a defesa do River desarrumada, Dudu achou espaço dentro da área aos 46', mas Vitor Paiva defendeu o chute. No último lance da partida, aos 49, o River teve uma falta perto da bandeira de escanteio, entretanto, mais uma vez, a defesa do Regatas teve vantagem e segurou o 2 a 1.

Ficha técnica

CRB - Diogo Silva; Celsinho, Ewerton Páscoa, Frazan e Alexandre Melo (Wellington); Marthã, Wesley (Carlos Jatobá) e Diego Torres (Dudu); Emerson Neguba (Erik), Alisson Farias (Calyson) e Júnior Brandão. Técnico: Allan Aal

River - Vitor Paiva; Emerson (Renan Amorim), Gabriel Estigarriva (Lucas Formiga), Nilo e Charles; Victor Salvador (Bruno Gomes), Carlinhos (Guilherme) e Juninho Arcanjo; Gleisinho, Emerson Catarina (Fábio) e Igor Badio. Técnico: Wallace Lemos

Árbitro - Ricarle Gustavo Gonçalves Batista (CBF-BA)

Assistentes - José Carlos Oliveira dos Santos (CBF-BA) e Luanderson Lima dos Santos (CBF-BA)

Quarto árbitro - Helder Brasileiro de Aquino (CBF-AL)

VEJA OS GOLS :

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias